Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escola Digital

Espaço na rede dedicado à Internet como veículo de conhecimento e aprendizagem.

Escola Digital

Espaço na rede dedicado à Internet como veículo de conhecimento e aprendizagem.

 

 

Lousã com uma das escolas mais inovadoras do mundo em 2011
A Microsoft Corporation seleccionou o Agrupamento de Escolas da Lousã para integrar o seu programa mundial de Escolas Inovadoras, que distingue as escolas que em todo o mundo mais se destacam pela utilização da tecnologia na sala de aula.
Portugal tem um novo estabelecimento de ensino a figurar no Programa das Escolas Inovadoras promovido pela Microsoft a nível internacional. No âmbito do Programa Parceiros na Educação (Partners in Learning), e após um processo de avaliação das escolas que apresentaram candidatura ao Concurso Mundial da Microsoft Escolas, o Agrupamento de Escolas da Lousã foi seleccionado para fazer parte dessa rede mundial.

Segundo Rui Grilo, Director para a Educação na Microsoft Portugal, “É com muito orgulho que assistimos à integração de mais uma escola portuguesa no Programa Mundial de Escolas Inovadoras promovido pela Microsoft Corp. Este reconhecimento mostra bem como os nossos professores e alunos conseguem tirar partido da tecnologia que têm disponível nas escolas para inovar na forma como se ensina e se aprende. Essa é a razão pela qual a Microsoft investe na formação e na promoção da utilização das tecnologias na sala de aula: para que professores e alunos ensinem e aprendam melhor”. E conclui “Apraz-nos sinceramente verificar que temos escolas portuguesas com um nível de maturidade e qualidade que compete em pé de igualdade em benchmarks internacionais com outros estabelecimentos de ensino, inclusive de países com maiores recursos”.

O Agrupamento de Escolas da Lousã irá, a partir de agora, fazer parte de uma comunidade de elite de escolas inovadoras em todo o mundo que, através do apoio da Microsoft, irão trabalhar em rede com vista a contribuir para a transformação da visão e das práticas de ensino. Este ano foram finalistas 66 escolas de 54 países de todo o mundo, tendo-se registado um aumento do número de escolas, mas também de países participantes.

O Agrupamento de Escolas da Lousã tem sido pioneiro pela utilização constante dos recursos tecnológicos nas aulas, integrando os computadores pessoais de cada aluno e permitindo a sua ligação ao quadro interactivo, que já substituiu, quase por completo, o quadro tradicional. A capacidade de envolver e motivar toda a comunidade educativa, a vontade de partilhar o seu trabalho em diversos projectos nacionais e internacionais, a aposta numa escola inclusiva e a inovação em várias áreas curriculares, como é o caso da Música, são alguns dos factores que justificaram esta distinção pela Microsoft.
Para Henriqueta Oliveira, Directora do Agrupamento de Escolas da Lousã, “a integração no Programa Escolas Inovadoras é um desafio que nos honra, responsabiliza e nos compromete, e à comunidade educativa, com dinâmicas de inovação e intervenção no meio, na lógica de trabalho em rede que é o lema do nosso Projecto Educativo. Mais do que um ponto de chegada, vemos o reconhecimento do trabalho que já desenvolvemos até aqui como um novo ponto de partida no caminho que escolhemos trilhar rumo à Escola Global, Plural, Inovadora e Sustentável.

Já para a Câmara Municipal da Lousã, este reconhecimento premeia o investimento efectuado na rede de escolas do concelho. Segundo Hélder Bruno Martins, Vereador da Educação e da Cultura “a seleção do Agrupamento de Escolas da Lousã para integrar a rede mundial do Programa Parceiros na Educação da Microsoft Corp. é, simultaneamente, o culminar de uma estratégia que tem vindo a ser implementada pela Câmara Municipal e pelo Agrupamento de Escolas da Lousã e o início de uma nova fase na Educação do Concelho. Em 2010, iniciámos a implantação gradual das Novas Tecnologias em todas as salas de aulas do 1.º CEB do Concelho: quadros interativos, redes locais e a aplicação de uma plataforma pedagógica interativa, a plataforma ‘Camões’. Acima de tudo, a Câmara Municipal da Lousã está muito orgulhosa com este reconhecimento da Microsoft Corp. porque sabe que a Direção e todos os docentes do Agrupamento de Escolas da Lousã o merecem. A sua competência, dedicação, motivação e criatividade foram determinantes para os níveis de qualidade, rigor e excelência da Educação na Lousã.
As outras Escolas Inovadoras Portuguesas

A escolha de mais uma escola nacional é um reconhecimento inequívoco da forma como as escolas portuguesas tiram partido do investimento em novas tecnologias. Recorde-se que já tinham sido seleccionadas para integrar esta rede mundial, em 2009, a Escola Básico do 1.º Ciclo de Várzea de Abrunhais e, em 2010, as Escolas Básica do 2º e 3º Ciclos de Nevogilde (Lousada) e a Secundária de Lagoa (Açores). Estas escolas e os seus professores tiraram partido desta oportunidade única para levarem o seu trabalho inovador além-fronteiras.

A iniciativa das Escolas Inovadoras insere-se no Partners in Learning - Parceiros na Educação, um programa da Microsoft presente em 114 Países tem por objectivo fundamental apoiar as políticas dos Governos no sentido de promover a utilização das tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no ensino, como fonte de inovação e promoção da qualidade das aprendizagens. Contando com várias iniciativas desenvolvidas em Portugal – Escolas Inovadoras, Professores Inovadores, Alunos Inovadores e Líderes Inovadores. Desde 2004, o Programa Parceiros na Educação contribuiu já para a formação de cerca de 60 mil professores e 150 directores de escola, envolvendo nos seus programas mais de 1 milhão de alunos.

Microsoft Holanda
Foto de: Marianna  Nieminen

 No passado dia 10 de Dezembro teve lugar, na subsidiária Microsoft Holanda, um Workshop dirigido às escolas da região Western Europe que pretendem fazer parte da rede mundial Escolas Inovadoras Pathfinder e a escola EB 2/3 de Nevogilde foi a convidada a representar Portugal.

O Programa Microsoft Escolas Inovadoras tem como objectivo apoiar as escolas na transformação da sua visão em educação para a implementação de práticas inovadoras. Através de experiências e objectivos comuns, pretende-se criar modelos que permitam a qualquer escola e a qualquer sistema de ensino utilizá-los no futuro para preparar os jovens para as competências do séc. XXI.
Depois de uma apresentação do programa Escolas Inovadoras e dos recursos disponíveis - incluindo o Toolkit – foi introduzida a comunidade online Parceiros na Educação, onde os participantes tiveram oportunidade de criar o seu perfil e partilhar conteúdos. Da agenda fez também parte a demonstração de produtos para a Educação, como o Live@Edu e o Semblio.  
No final do dia, cada uma das escolas apresentou brevemente a sua instituição, bem como as expectativas quanto a uma participação futura na rede Mundial Escolas Inovadoras. A apresentação pela escola portuguesa foi realizada pela professora Luísa Lopes, directora e com o Professor Rafael Telmo, coordenador do plano tecnológico da educação do Agrupamento de Escolas Lousada Oeste.
Este evento contou com a participação de 15 escolas inovadoras da Finlândia, Suécia, Holanda, Espanha, Itália e Portugal, representadas por directores e professores. Tratou-se de uma primeira oportunidade das escolas partilharem as suas experiências e de iniciarem uma rede colaborativa.
Os passos seguintes são a participação numa sessão online no mês de Janeiro, uma sessão de trabalho com enfoque em visitas escolares e a preparação da candidatura ao programa para o ano 2010-2011.

Em Julho de 2009 foi lançado um convite às escolas Portuguesas para entegrar a rede mundial da Microsoft Escolas Inovadoras.

Sugiram duas candidaturas a nivel nacional, uma da escola EB 1 da Várzea de Abrunhais liderada pela Professora Maria do Carmo Leitão e outra da escola EB 2/3 de Nevogilde - Lousada, liderada pelo Professor Rafael Telmo S. Ferreira.

 

Das 12 Escolas já existentes em todo o  mundo, as quais se têm constituído como laboratórios de boas práticas  nas mais diversas áreas, do curriculum à tecnologia, dos conteúdos à  formação, foram seleccionadas 31 novas Escolas de referência  que irão  integrar a anterior rede de escolas inovadoras a  nível mundial e que passarão a orientar e apoiar as demais escolas.

 

Das 104 candidaturas apresentadas, oriundas de 41 países de todo o mundo, o projecto da escola EB 1 da Várzea de Abrunhais foi seleccionado. http://blogs.ess.edu.pt/eb1vabrunhais/

 

Também a Escola EB 2/3 de Nevogilde, em Lousada, que, apesar de não ter sido seleccionada, mereceu uma referência de mérito à qualidade do trabalho desenvolvido, tendo sido convidada a participar na próxima reunião internacional que decorrerá em Amsterdão. www.portaln.info

 

VÍDEO DA CANDIDATURA - EB 1 da Várzea de Abrunhais 
 

 

 VÍDEO DA CANDIDATURA - EB 2/3 de Nevogilde